terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

BASTA QUERER

Fonte: Imotion Imagens
  Entro hoje clandestinamente no meu computador, por conta de problemas que não vêm ao caso. Entro em meu "Formspring" e deparo com uma pergunta: "O amor machuca. O amor é tudo. Então, tudo machuca?". Bem, acho que ontem e hoje foram os dias especiais para se tratar de amor. Na escola, várias redações foram sobre o assunto. E hoje me deparo com essa pergunta.
  Em minha opinião o amor machuca quem quer ser machucado por ele. O amor é um sentimento construído por nós e é particular a cada um. O amor que eu sinto não será o mesmo que você sente ou que "fulano" sente. É particular. Certamente de que terá sofrimento, de que terá dor, de que terá momentos que se dá vontade de jogar tudo para o alto. Acontece naturalmente com todos os "amorosos". O amor não é tudo, a não ser para os românticos. Mas tudo pode ser por amor. Basta que queiramos. Só basta que valha a nossa opinião, que valha a nossa persistência e que valha o rumo que nós queremos dar para o amor. Então se não quisermos que o amor nos machuque, ele não nos machucará. Mas, o difícil é que para amar, na maioria das vezes precisamos ser machucados pela dor da espera, precisamos ser machucados pela dor de ver a amada(o) nos braços de outro alguém. É doloroso, mas passageiro. Somente basta a nossa persistência em querer que a novela acabe do nosso jeito. E, se perseverarmos na certeza de que, um dia, seremos felizes com o amado(a), conseguiremos alcançar todos os nossos objetivos. Aí não restará mais machucado. Tudo se clareará e a nossa felicidade vai pairar e perdurar até os confins do universo. Como eu disse, basta que queiramos.

Até a próxima!

2 comentários:

caio disse...

Adorei este texto parabéns caro amigo Pedro escolheu muito bem sua colaboradora adorei o conteúdo entretanto alguns verbos poderiam ser economizados mas esta ótimo adorei este texto

De seu amigo e colaborador Caio Penha

Pedro Pereira disse...

muito gradecido fico pelo elogio caio!